CLICK HERE FOR THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES »

Sejam bemvindos!

Este Blog junta várias dicas de como ter uma beleza e saúde natural sem grandes gastos.


sexta-feira, 6 de junho de 2008

Dê cabo das rugas

Saiba o que deve fazer em qualquer idade para as combater eficazmente

Você é, em grande parte, responsável pelas rugas que tem (ou vai ter). Se usar os cremes certos, na altura certa, conseguirá travar com maior sucesso o avanço das marcas da idade.

Conhece a expressão "cada um tem o que merece"? Pois bem, no que diz respeito à juventude da pele é precisamente isso que se passa: quanto melhor cuidar dela, maior a probabilidade de a manter jovem e saudável.

E quanto mais cedo iniciar uma rotina de cuidados diários, melhor ainda, porque a maior parte dos cosméticos são mais eficazes quando utilizados numa perspectiva preventiva (e não curativa).

AOS 20 ANOS

Diagnóstico: Até ao final desta década, o processo de renovação celular é rápido e eficaz. A elastina e o colagénio, fibras que ajudam a sustentar a pele, são produzidas em grande quantidade, garantindo-lhe firmeza e elasticidade.

O que fazer: Preserve o seu capital de juventude, limpando e hidratando a pele todos os dias (de manhã e à noite) com produtos adaptados ao seu tipo de pele.

Faça esfoliação uma vez por semana para eliminar as células mortas. Na zona do contorno dos olhos utilize fórmulas descongestionantes para prevenir papos e olheiras. A partir dos 28, pode começar a usar cosméticos anti-idade ou anti-rugas.

AOS 30 ANOS

Diagnóstico: O processo de regeneração da pele abranda, e as fibras que dão sustentação à pele começam a ser produzidas em menor quantidade. Os primeiros sinais de envelhecimento instalam-se progressivamente, começando pelo contorno ocular, pescoço e decote.

O que fazer: Limpeza, hidratação e protecção continuam a ser os gestos de beleza essenciais, mas agora com produtos de acção anti-idade.

Adicione à sua rotina um sérum, máscaras semanais (de hidratação, luminosidade, anti-stress... consoante a necessidade da sua pele) e comece a usar fórmulas reforçadas no contorno ocular, pescoço e decote, em particular à noite, para optimizar a renovação celular.

AOS 40 ANOS

Diagnóstico: O envelhecimento do rosto é mais notório: as rugas tornam-se mais vincadas e a pele denota maior secura e alguma flacidez. É também nesta idade que começam a surgir irregularidades na pigmentação da pele (manchas).

O que fazer: Mantenha a rotina iniciada na década anterior, usando produtos de acção mais profunda e regeneradora. Invista em fórmulas de correcção direccionada, como as canetas anti-rugas, para corrigir as rugas mais vincadas.

A PARTIR DOS 50 ANOS

Diagnóstico: A diminuição do nível estrogénios (menopausa) e a desorganização cada vez mais profunda da hipoderme (camada mais profunda da pele) provocam uma perda de harmonia dos volumes do rosto (as têmporas ficam mais fundas e as maçãs menos redondas) e acentuam a perda de firmeza.

O que fazer: Utilize apenas produtos indicados para pele madura, pois actuam não só sobre as rugas como ao nível da redensificação da pele. Privilegie o uso de fórmulas com acção lifting.

PROTECÇÃO SOLAR

Um cuidado transversal a todas as idades

80% do envelhecimento da pele é resultado das agressões externas, em particular a exposição ao sol. Por isso, se o seu creme de dia não incluir um filtro solar, deve aplicar (sempre!) um protector, de factor não inferior a 15, antes de sair de casa. 365 dias por ano, sem excepção.

0 comentários: